Central de Notícias

Tópicos

Endocrinologia

90 milhões de vidas serão perdidas devido à obesidade nos próximos 30 anos O

   Compartilhar notícia

Novo relatório da OCDE realça o pesado fardo da obesidade.

As doenças relacionadas com a obesidade serão responsáveis por acometer mais de 90 milhões de vidas nos países da Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) nos próximos 30 anos, ficando a expectativa de vida reduzida em quase três anos até 2050. 

Esta é a conclusão de um novo relatório da OCDE, The Heavy Burden of Obesity - The Economics of Prevention (O pesado fardo da obesidade - A economia da prevenção), que analisa o fardo da obesidade e do excesso de peso em 52 países.

O relatório mostra que as taxas médias de obesidade adulta nos países da OCDE aumentaram de 21%, em 2010, para 24% em 2016, o que significa que mais 50 milhões de pessoas são agora obesas. Na verdade, afirma que mais de metade da população está agora em excesso de peso em 34 de 36 países da OCDE e que quase uma em cada quatro pessoas é obesa. 

Os autores afirmam que o aumento do número de pessoas com um índice de massa corporal elevado está “esgotando” os orçamentos dos cuidados de saúde. Os países da OCDE estão com gastos de cerca de 8,4% do seu orçamento de saúde total no combate às doenças relacionadas com a obesidade. No entanto, o relatório diz que combater o excesso de peso é um “excelente investimento” e mostra que todos os dólares gastos na prevenção da obesidade geram um retorno econômico de até seis vezes. 

Referências: OECD. Tackling obesity would boost economic and social well-being . 10 October 2019. OECD. The Heavy Burden of Obesity: The Economics of Prevention, OECD Health Policy Studies, OECD Publishing. 10 October 2019. doi: 10.1787/67450d67-en .


Comentários

Nenhum comentário enviado. Seja o primeiro a comentar!