Central de Notícias

Tópicos

Notícias gerais

Álcool

   Compartilhar notícia

Sete organizações de saúde pública criticaram a abordagem de auto-regulação apresentada.
Várias organizações de saúde pública na Europa, incluindo o Comitê Permanente de Médicos Europeus (CPME) e a Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA), expressaram desapontamento com os planos da SpiritsEurope de rotular bebidas alcoólicas vendidas na União Europeia.

No início desta semana, a SpiritsEurope anunciou planos para fornecer a lista de ingredientes em bebidas alcoólicas online, além de informações energéticas no rótulo. As informações sobre o conteúdo energético serão apresentadas nos rótulos e as informações sobre os ingredientes serão publicadas on-line em responsibledrinking.eu ou via códigos QR.
No entanto, em uma declaração conjunta, sete organizações de saúde pública criticaram a abordagem planejada, dizendo que forneceria informações insuficientes aos consumidores.

A professora Helena Cortez Pinto, Conselheira de Políticas da União Europeia para o Estudo do Fígado (EASL), disse que é “ridículo” que uma embalagem de leite tenha rotulagem de produtos, mas uma garrafa de bebidas alcoólicas não. "A UE e os Estados-Membros têm de se posicionar e tomar medidas concretas sobre a rotulagem ou os nossos pacientes continuarão a morrer prematuramente devido a doenças hepáticas relacionadas com o álcool."

Prof Dr. Frank Ulrich Montgomery, presidente da CPME acrescentou: “Os médicos europeus estão convencidos de que os rótulos de todos os produtos alcoólicos devem incluir informações nutricionais e advertências sanitárias. A rotulagem adequada é uma forma de proteger a saúde da população ”.


Comentários

Nenhum comentário enviado. Seja o primeiro a comentar!