Central de Notícias

Tópicos

Infectologia

Antimalárico que dá resultado contra coronavírus

   Compartilhar notícia

O grupo Sanofi anunciou nesta quarta-feira (18) que pode disponibilizar imediatamente milhões de doses do remédio antimalária Plaquenil (Cloroquina no Brasil). Segundo o laboratório francês, o volume oferecido poderia tratar potencialmente 300 mil casos de doentes com o novo coronavírus, depois que testes indicaram que a cloroquina dá bons resultados contra o Covid-19.

 

O estudo realizado por uma equipe médica de Marselha, no sul da França, é encorajador, disse um porta-voz da Sanofi. O laboratório também indicou que está disposto a trabalhar com as autoridades francesas para “confirmar esses resultados”.

A cloroquina, remédio indicado normalmente no tratamento da malária, poderia ajudar no desaparecimento do vírus, afirmou na segunda-feira (16) o professor Didier Raoult, especialista em doenças infecciosas e diretor do Instituto Mediterrâneo de Infecção de Marselha. Ele realizou a pesquisa em 24 pacientes com Covid-19. Seis dias após terem começado a tomar o antimalárico, o vírus tinha desaparecido em 75% deles.

Com o aval das autoridades franceses, novos testes serão realizados por uma outra equipe independente. “Por enquanto, não temos nenhuma prova cientifica de que o tratamento funcione”, antecipou a porta-voz do governo, Sibeth Ndiaye.

Vários especialistas pedem prudência enquanto pesquisas mais aprofundadas não comprovem a eficácia efetiva da cloroquina contra o coronavírus. Eles alertam sobretudo para os efeitos secundários do remédio, principalmente em casos de um uso excessivo.

 

Pesquisa chinesa

Um primeiro estudo clínico foi realizado e publicado por três pesquisadores chineses na revista BioScience Trends. A pesquisa chinesa foi feita em mais de 10 hospitais de Wuhan, berço da epidemia de Covid-19, Pequim e Xangai, para medir a eficiência da cloroquina no tratamento de pneumonias associadas ao coronavírus.

“Os resultados obtidos até agora, em uma mostra de mais de 100 pacientes, demonstraram que o fosfato de cloroquina é mais eficaz que o tratamento recebido por um grupo comparativo para conter a evolução da pneumonia”, diz o estudo. Também para “melhorar o estado dos pulmões, para que o paciente volte a ter resultado negativo ao vírus e para diminuir a duração da doença”, completa. O artigo foi assinado pelos professores Jianjun Gao, Zhenxue tian e Xu Yang, da Universidade de Qingdao e do Hospital de Qingdao.

“Nós já sabíamos que a cloroquina era eficiente in vitro contra o novo coronavírus. A avaliação clínica na China confirmou”, explicou na época o professor Raoult. “Talvez o tratamento dessa infecção seja o mais simples e mais barato de todas as infecções virais”, afirma o pesquisador, envolvido na detecção do novo coronavírus na França.

Baixo custo

A cloroquina é um medicamento de baixo custo e sem risco, utilizado há mais de 70 anos.

De acordo com os pesquisadores chineses, um tratamento de 500 mg de cloroquina por dia durante 10 dias seria suficiente. “Esse tratamento, que não custa praticamente nada, é uma notícia é extraordinária”, disse o professor Raoult, para quem o antimalárico deve ser privilegiado à pista da vacina, que demoraria mais a ser disponibilizada.

O laboratório francês Sanofi também trabalha no desenvolvimento de uma vacina e anunciou na última sexta-feira (13) a criação de um fundo para apoiar os esforços de pesquisas das equipes dos hospitais públicos de Paris na luta contra o coronavírus.

FONTE: RFI


Comentários

Responder
Levi Alves Dos Santos
23 Mai 2020
Eu estou com Cov19 e usei um similar a esse Azitromicina e está funcionando perfeitamente, estava com muitas dificuldades pra respirar, mas agora já estou quase 100%, no meu quarto dia de uso, além de mim, minha família e alguns conhecidos, estão sendo recuperados com o uso desse medicamento! Eu aprovo com louvor! Um abraço a todos!
Responder
Elizete
26 Mar 2020
Boa noite gostaria saber se este remedio está curando este giros e se vai demora muito pra ter vacina viros
Responder
Pascoal torres
22 Mar 2020
E interesante actualizacao
Responder
José Luiz Juliano Zanotta
20 Mar 2020
Quero me manter informado sobre a cloroquina. Sou médico e trabalho em saúde pública. Meu CRM é 9485 RS.
Responder
Rogério
20 Mar 2020
É uma droga a ser usada com cautela! Tomara que novos estudos nos apresentem logo algum dado que justifique o seu uso 1
Responder
Fernando Farias
20 Mar 2020
É uma irresponsabilidade divulgar informações sensacionalistas a respeito da cloroquina no tratamento do Covid-19 ("Antimalárico que dá resultado no coronavírus"), uma vez que a comprovação científica da sua eficácia é pífia e o trabalho na referência bibliográfico sequer foi publicado em periódico com peer review. A literatura médica está cheia de histórias como a da cloroquina que terminaram em fiasco porque os primeiros trabalhos tiraram conclusões indevidas decorrentes das suas limitações metodológicas. Esse tipo de atitude está desabastecendo as farmácias de cloroquina, impedindo que pacientes com diagnóstico de lúpus, artrite reumatoide etc. tenham acesso ao seu tratamento. Também coloca em risco a população em geral devido à possível toxicidade (oftálmica, cardíaca etc.) e à falsa sensação de proteção, que depende na verdade de medidas que estão sendo amplamente divulgadas pelas autoridades sanitárias.
Responder
Erick Sena Santos
20 Mar 2020
Temos um trabalho com muitos vieses, coisa que me desencoraja a por a hidroxicloroquina como num pedestal, por hora. Além disso, hidroxicloroquina não se mostra como um recurso de plausibilidade extrema, o que a impõe a necessidade de evidências. É preciso mais rigor científico. O estudo não é randomizado, os critérios de exclusão estão muito confusos com risco de erro aleatório por ser um grupo pequeno que foi estudado.
Responder
Daniel
20 Mar 2020
Boa novas. O Cloroquina, usado no tratamento da malária há mais de 70 anos, além de baixo custo, pode ser a luz no fim do túnel. Vamos , ao mesmo tempo que se trabalha com a pesquisa da vacina, ser com mais alguns bons indicativos, uma primeira e eficaz linha de tratamento. A profilaxia somente com a vacina.
Responder
NARCILIO ANTUNES MONTEIRO
20 Mar 2020
10