Central de Notícias

Tópicos

Notícias gerais

Covid-19: vitamina d3 falha em doença moderada a grave

   Compartilhar notícia

Uma única dose alta de vitamina D3 não reduz o tempo de internação hospitalar (LOS) em pacientes com COVID-19 moderado a grave.

A vitamina D3 tem propriedades imunomoduladoras, aumentando as esperanças de que possa oferecer benefícios.

Ensaio multicêntrico, duplo-cego, randomizado e controlado por placebo de 240 pacientes hospitalizados.

O grupo de tratamento recebeu uma dose oral única de 200.000 UI de vitamina D3. O desfecho primário foi hospital LOS.

O grupo de vitamina D3 apresentou níveis séricos médios mais elevados de 25-hidroxivitamina D do que o grupo de placebo (P <0,001). O grupo de vitamina D3 não teve tempo de internação hospitalar mais curto (mediana, 7,0 vs 7,0 dias para o grupo de placebo; P = 0,59).

Sem diferenças significativas entre os grupos em resultados secundários:

Mortalidade hospitalar (P = 0,43).

Admissão na UTI (P = 0,30).

Necessidade de ventilação mecânica (P = 0,09).

Nenhum evento adverso foi relatado.

Murai IH, Fernandes AL, Vendas LP, Pinto AJ, Goessler KF, Duran CSC, Silva CBR, Franco AS, Macedo MB, Dalmolin HHH, Baggio J, Balbi GGM, Reis BZ, Antonangelo L, Caparbo VF, Gualano B, Pereira RMR . Efeito de uma única dose elevada de vitamina D3 no tempo de internação hospitalar em pacientes com COVID-19 moderado a grave: um ensaio clínico randomizado. JAMA. 2021, 17 de fevereiro [Epub à frente da impressão]. doi: 10.1001 / jama.2020.26848. PMID: 33595634


Comentários

Responder
Vinicius Rodrigues Souza
04 Jun 2021
Mas é pra ser precoce ou pós infecção meu amigo ? Decide aí.
Responder
José maria
04 Jun 2021
Altas doses 600.000 ui Preventivamente
Responder
Eder
03 Jun 2021
A vitamina D3 não é aplicado a reduzir tempo de internação, mas sim para tratamento precoce frente a modulação do sistema imune inicial e além disso é reposição pois pacientes apos a cura da covid tem queda dos niveis de D3, sendo necessaria a reposição de qualquer jeito.