Central de Notícias

Os anticoagulantes devem ser retomados após hemorragia gastrointestinal?

Conclusões de um estudo de quase 900 doentes em tratamento com anticoagulante e/ou agentes antiplaquetários, mostram que os benefícios do reinício precoce da terapêutica anticoagulante e/ou antiplaquetária em doentes com hemorragia gastrointestinal podem superar os riscos.

O estudo observacional investigou o risco de nova hemorragia, eventos vasculares e morte em 871 doentes que desenvolveram hemorragia gastrointestinal grave durante a terapêutica anticoagulante ou antiplaquetária na Espanha. Destes, 38,9% utilizaram um anticoagulante, 52,5% utilizaram um antiplaquetário e 8,6% utilizaram ambos.

A grande maioria (93,1%) interrompeu o tratamento após a hemorragia gastrointestinal e 80,5% reiniciou-o dentro de 7,6±6,41 dias. A maioria dos doentes (98,5%) retomou a terapêutica nos primeiros 30 dias.

O estudo concluiu que o retorno da terapêutica foi associado a um risco mais elevado de nova hemorragia (RR: 2,184; IC de 95%: 1,357-3,515), mas com um risco menor de acontecimentos isquêmicos (RR: 0,626; IC de 95%: 0,432-0,906) ou morte (RR: 0,606; IC de 95%: 0,453-0,804). As taxas de nova hemorragia foram superiores nos doentes que utilizaram anticoagulantes versus nos doentes que utilizaram antiplaquetários (138,0 vs. 99,0 acontecimentos por 1000 doentes ano). 

Ao apresentarem as conclusões no periódico Alimentary Pharmacology and Therapeutics, os autores disseram que, embora seja necessária mais investigação para definir com mais precisão a melhor estratégia de gestão para parar e retomar a terapêutica, as conclusões sugerem que reiniciar a terapêutica na primeira semana após um acontecimento hemorrágico está associado a benefícios globais para o doente.

Referências: Sostres C, Marcén B, Laredo V, Ruiz L, Camo P, Carrera-Lasfuentes P, Lanas Á. Risk of rebleeding, vascular events and death after gastrointestinal bleeding in anticoagulant and/or antiplatelet users. Aliment Pharmacol Ther. Published online 5 September 2019. DOI: 10.1111/apt.15441Com 1070 a 15


Comentários

Nenhum comentário enviado. Seja o primeiro a comentar!