Central de Notícias

Utilizar Clopidogrel + Aspirina em AVC? Cuidado

Uma nova análise publicada no periódico JAMA Neurology sugere que o tratamento com clopidogrel e aspirina após um acidente isquêmico transitório (AIT) ou um AVC isquêmico agudo com pouca gravidade aumenta o risco de hemorragia grave em relação à aspirina utilizada de modo isolado, embora o risco seja baixo. 

Os investigadores realizaram uma análise secundária do ensaio “Platelet-Oriented Inhibition in New TIA and Minor Ischemic Stroke” (POINT), o qual aleatorizou doentes em 269 centros de todo o mundo para receber clopidogrel (dose de ataque de 600 mg no dia um, seguido de 75 mg diariamente dos dias 2 ao 90) ou placebo. Todos os doentes também receberam 50-325 mg de aspirina por dia no estudo, em regime aberto. 

Nas análises conforme o tratamento (4819 doentes), ocorreu hemorragia grave em 21 doentes que receberam clopidogrel mais aspirina e seis que receberam aspirina de modo isolado (proporção de risco [PR]: 3,57; IC de 95%: 1,44-8,85; número necessário para causar danos: 159). Ocorreram quatro hemorragias fatais – três no grupo de clopidogrel mais aspirina e uma no grupo de aspirina isolada – e ocorreram sete hemorragias intracranianas: cinco no grupo de clopidogrel mais aspirina e duas no grupo de aspirina isolada. O local mais frequente das hemorragias graves foi no trato gastrointestinal. 

Os autores estimaram que, para cada 1000 doentes tratados, adicionar clopidogrel poderá prevenir cerca de 15 eventos isquêmicos graves e causar cinco hemorragias mais graves.

Referências: Tillman H, Johnston C, Farrant M, Barsan W, Elm JJ, Kim AS, et al. Risk for Major Hemorrhages in Patients Receiving Clopidogrel and Aspirin Compared With Aspirin Alone After Transient Ischemic Attack or Minor Ischemic Stroke A Secondary Analysis of the POINT Randomized Clinical Trial. JAMA Neurol. Published online April 29, 2019. doi:10.1001/jamaneurol.2019.0932.


Comentários

Nenhum comentário enviado. Seja o primeiro a comentar!